Esportes

Abel critica organização do Paulista e diz: “Se tiver que ir com sub-17, vamos”

Algoz do Defensa y Justicia na noite de terça-feira, o Palmeiras já encara o Santos às 21 horas desta quinta, no Allianz Parque. Ainda no Estádio Norberto Tomaghello, após atuar pela Copa Libertadores, o técnico Abel Ferreira criticou asperamente a organização do Campeonato Paulista, liderado pela FPF.

“Temos 24 horas para preparar cada jogo e já falamos o que o Paulista significa para nós. Sei que muita gente fala da nossa planificação, mas não controlamos a pandemia nem temos culpa de, a cada três dias, fazer dois jogos. Portanto, temos que priorizar competições”, iniciou Abel.

“Vamos ter que dar nosso melhor em todas as competições, com todos os recursos que tivermos. Se, contra o Santos, tivermos que ir com o sub-17, vamos com o sub-17 ou com o sub-20. Vamos dar nosso melhor no Paulista e foi isso que prometemos”, acrescentou.

O Palmeiras estreou no torneio estadual em uma partida contra o arquirrival Corinthians, disputada entre as duas finais da Copa do Brasil. Na ocasião, o time alviverde tentou adiar o clássico, mas teve seu pedido recusado pela FPF, episódio lembrado por Abel Ferreira.

“Pedimos para adiar e não adiaram. É bom que se saiba e fale disso, para quem está em casa e comenta, mas não entende patavina da organização. Pedimos para não meter o jogo do Corinthians no meio da Copa e ninguém quis saber de nada”, declarou o português.

“Portanto, quando a própria organização não quer saber do Paulista, vamos ter que priorizar e fazer o nosso melhor. Se o nosso melhor der para ganhar, ganhamos. Se o nosso melhor não der para ganhar, seguimos em frente, como sempre fazemos”, completou Abel.

Deixe seu comentário



Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo