Tecnologia

Alibaba, dona do AliExpress, leva multa bilionária em ação antitruste | Negócios

O órgão regulador de mercado da China multou a Alibaba em US$ 2,75 bilhões. A penalidade que atinge a dona do AliExpress ocorre após a companhia ser acusada de violar as regras antimonopólio do país asiático. Em nota, a empresa de Jack Ma reconheceu a decisão pela Administração Estatal para Regulação de Mercado da China.

Alibaba

Campus da Alibaba (Imagem: Divulgação/Alibaba Group)

A decisão da entidade acontece após a companhia ter se tornado alvo de uma ação antitruste na China. No fim do ano passado, o órgão regulador de mercado anunciou uma investigação por suposta conduta monopolística. Agora, em abril, a empresa terá de pagar uma multa em 18 bilhões de iuanes. O valor equivale a 4% das receitas domésticas da empresa em 2019.

Segundo a Administração Estatal para Regulação de Mercado da China, o Alibaba estava “abusando do domínio do mercado” desde 2015. Neste caso, as autoridades se referem à política da empresa que pede exclusividade aos vendedores. A prática visa impedir que os negócios também sejam realizados através de outras lojas.

A Ant Group, outra empresa de Jack Ma, também entrou na mira das autoridades do país ao ter seu IPO bilionário bloqueado no ano passado. No despertar das ocasiões, o fundador da Alibaba até chegou a sumir depois de fazer críticas à China. Mas o empresário reapareceu em janeiro após três meses longe dos holofotes.

Jack Ma (Imagem: Reprodução/Meik Magazine)

Jack Ma (Imagem: Reprodução/Meik Magazine)

O que disse a Alibaba?

Nesta sexta-feira (9), a Alibaba confirmou que recebeu a Decisão de Penalidade Administrativa emitida pela Administração Estatal para Regulação de Mercado da República Popular da China. O anúncio foi realizado através de um comunicado à imprensa.

“O Alibaba aceita a penalidade com sinceridade e garantirá sua conformidade com a determinação”, afirmaram. “Para cumprir sua responsabilidade para com a sociedade, o Alibaba operará de acordo com a lei com o máximo de diligência, continuará a fortalecer seus sistemas de conformidade e desenvolverá o crescimento por meio da inovação”.

Com informações: Alibaba (Business Wire), Reuters e TechCrunch


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)