Esportes

Estudo: Flamengo cumpre objetivos na Libertadores e eleva o moral para ‘final’ contra o Inter

Não era sigilo que o foco do Flamengo estava na partida contra o Internacional, no próximo domingo, no Extremo-Rio, pelo Campeonato Brasílico. Enfim, vale a liderança da competição — os clubes estão empatados na ponta com 34 pontos. Mas de uma partida que valia “menos”, a vitória por 3 a 1 contra o Junior Barranquilla, nesta quarta-feira, no Maracanã, serviu para solevantar o moral e trazer uma série de boas notícias para o Rubro-Preto.

Taticamente, foi visto uma superioridade até inesperada por secção do Flamengo. Mesmo com reservas em campo, a equipe de Dome conseguiu controlar as ações apostando na velocidade de Bruno Henrique pelas pontas e devido a um Vitinho que novamente jogou muito concentrado. O placar de 2 a 0 no primeiro tempo poderia ter sido uma goleada se não fosse pelo goleiro Viera, do Junior.

Aliás, Vitinho é uma das boas notícias que o técnico Domènec Torrent ganhou. Substituído no segundo tempo, ele repetiu a boa atuação que teve contra o Corinthians atuando na mesma função de Arrascaeta — mais concentrado e se aproximando dos atacantes. Foi assim onde foi muito no Internacional e no Botafogo, por exemplo. Na ponta, não conseguiu render até logo pelo Rubro-Preto.

Pontos também para o atacante Lincoln, que marcou pela terceira vez nos últimos três jogos onde foi titular. Antes criticado pela torcida, ganhou o sobrenome de “Lingol” nas redes sociais. Dome sabe que ele será importante em determinados momentos da temporada — ainda mais com tantas lesões no Rubro-Preto — e já declarou que tê-lo esperançoso é um tanto fundamental.

— Quando cheguei, havia um grupo de jogadores que estava treinando à secção. Decidi que íamos trabalhar juntos. Eles me mostraram a qualidade que tem. O Lincoln foi um deles. Disse que teria que fazer mais, melhorar, focar nos treinamentos. Ele tem qualidade. É importante dar crédito. Eu acredito neles. A base é fantástica, podem jogar. Conversei muito com o Lincoln e convenci que tinha que melhorar, trabalhar sem a esfera. Não é préstimo do técnico, é do jogador — elogiou Dome.

Por término, o técnico espanhol está conseguindo uma meta que Jorge Jesus conseguia executar muito: suas equipes titulares e reservas atuam taticamente da mesma forma. É logo que, mesmo com a maratona de jogos e série de desfalques, o Rubro-Preto segue somando pontos. Identidade é um tanto dificil de conseguir em um período tão limitado de tempo, Dome já consegue dar as suas ideias.

Agora, o Flamengo aguarda o sorteio que define o inimigo das oitavas de final, que será realizado em 23 de outubro. Os confrontos desta tempo serão disputados nos dias 24 e 26 de novembro, para os jogos de ida, e 1º e 3 de dezembro, para os da volta.

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo