Política

Arthur Lira defende fim da politização da vacina: “Não é hora de paixão”

O candidato do Planalto para a presidência da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse neste sábado em sua conta do Twitter que não é hora de “paixão” ou “política” para tratar da vacina contra a covid-19. O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), protagonizam disputa em torno do tema.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na 2ª feira (7.dez), que o governo brasileiro vai oferecer a vacina contra covid-19 para toda a população “de forma gratuita e não obrigatória”.

A declaração foi feita nas páginas oficiais do presidente nas redes sociais no mesmo dia em que o governo de São Paulo divulgou que espera começar a vacinação no Estado em janeiro de 2021.

O governador João Doria é desafeto político de Bolsonaro. O tucano é um provável candidato à Presidência, em 2022, quando o atual mandatário tentará concorrer à reeleição. Ambos já divergiram em outras ocasiões a respeito da vacina.

Já o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou na 6ª feira (11.dez) que o plano de imunização do governo contra a covid-19 é nacional. Nenhum Estado, disse, será tratado de forma diferente nem terá vantagens sobre outro.

Sem citar diretamente Doria, o ministro disse que a ansiedade em relação à vacina é causada pela pressa de algumas autoridades do país.

Do lado oposto de Lira na corrida pela presidência da Câmara está o atual presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que foi impedido de concorrer novamente ao cargo pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e agora lidera um grupo que lançará candidato ao pleito.

Maia afirmou que o maior erro político do presidente Jair Bolsonaro é a forma como o governo federal está lidando com a compra de vacinas contra a covid-19. Maia diz que a demora pode custar ao presidente a reeleição em 2022.

Esse é o tema que pode gerar o maior dano de imagem. As pessoas estão começando a entrar em pânico, em desespero”, disse em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo publicada neste sábado (12.dez.2020).

Continuar lendo

Fonte: Poder360

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)