Mundo

Autor do ataque de Nice tinha documentos atribuídos pela Cruz Vermelha . Expediente Sínico

O homem suspeito de matar três pessoas numa igreja francesa chegou de comboio na posse de um documento de identidade atribuído pela Cruz Vermelha Italiana, adianta a agência France Press.

 O suspeito mudou de roupa na estação ferroviária e caminhou até à basílica de Notra Dame, onde desferiu o ataque, disse na quinta-feira o procurador-chefe antiterrorista da República Francesa,

Jean-François Ricard disse que o suspeito é um cidadão tunisino nascido em 1999 que tinha chegado à cidade italiana de Bari a 9 de Outubro.

O promotor disse que o homem foi filmado por câmaras de segurança na estação ferroviária de Nice e, de lá, caminhou 400 metros até a igreja de Notre Dame.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo