Tecnologia

B2W terá tuc-tucs elétricos para entregas em capitais | Negócios

A B2W, dona das marcas Americanas, Submarino, Shoptime e Sou Barato, está preparando uma frota de 90 tuc-tucs elétricos para realizar entregas de produtos vendidos pelas plataformas digitais. A adoção dos veículos evita emissões de gases de efeito estufa, contribuindo para a agenda de sustentabilidade da ONU.

B2W irá lançar frota de tuc-tucs elétricos (Imagem: Divulgação/B2W)

B2W irá lançar frota de tuc-tucs elétricos (Imagem: Divulgação/B2W)

A frota irá operar principalmente nas capitais do Sudeste, Sul e Nordeste, e já está em testes em São Paulo, com 9 veículos em operação. A ideia é expandir as entregas “last mile”, isto é, de curta distância, já que os tuc-tucs têm maior capacidade para mercadorias em comparação às bicicletas.

A empresa vai trabalhar com veículos de diferentes capacidades. Segundo a B2W, cada tuc-tuc pode transportar de 420 quilos a 600 quilos de mercadorias, a depender do modelo.

Modelo sustentável para o last mile

De acordo com a B2W, os veículos devem evitar a emissão de cerca de 3 toneladas de gás carbônico na atmosfera por mês.

“O tuc-tuc elétrico é um meio eficiente de deslocamento nos centros urbanos e tem a vantagem, em relação às bicicletas, de oferecer maior capacidade de carga. O serviço permite entregar mais rapidamente e itens de maior volume, ao mesmo tempo em que reduz a emissão de CO2 no meio ambiente.”

Welington Souza, diretor geral da LET’S – plataforma de gestão compartilhada dos ativos de logística e distribuição da Americanas e B2W.

A B2W afirma ainda que irá oferecer treinamento para seus parceiros, já que, diferentemente das bicicletas, os tuc-tucs exigem habilitação. A iniciativa está alinhada à Agenda 2030 da ONU, que visa o desenvolvimento de metas sustentáveis até o ano de 2030.


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo