Esportes

Bahia vence Ceará nos pênaltis e é tetracampeão da Copa do Nordeste

Bahia e Ceará reeditaram a final da última Copa do Nordeste. Neste sábado, o Tricolor conseguiu a revanche contra o Vozão e conquistou a Lampions pela quarta vez. A equipe baiana venceu o alvinegro por 2 a 1, no Castelão, e levou a decisão para os pênaltis.

Nas penalidades máximas, o Tricolor venceu por 4 a 2 e se tornou tetracampeão da Copa do Nordeste. O Bahia se iguala ao rival Vitória, os dois maiores vencedores da competição.

Mesmo atrás no placar, a equipe do Bahia não conseguiu pressionar o adversário nos minutos iniciais de jogo. O Vozão controlou a maior parte do jogo e com a bola no campo de ataque.

Ainda assim, a maior chance da primeira etapa partiu da camisa tricolor. Em contra golpe, Thaciano recebeu na cara de Richard e parou duas vezes no goleiro alvinegro.

O Bahia ainda chegou mais uma vez, agora pela esquerda, mas Gilberto não conseguiu aproveitar o cruzamento. As duas equipes foram para o vestiário com o marcador zerado e com o Ceará momentaneamente campeão.

Na metade final, o jogo demorou alguns minutos para engrenar e as duas equipes valorizaram a posse de bola. Aos 16 minutos, o cruzamento tricolor encontrou Luiz Otávio – com auxílio do VAR, Rodriguinho converteu o pênalti assinalado.

O Bahia surpreendeu quatro minutos mais tarde. O arco Rodriguinho encontrou a flecha Gilberto em um exemplar contra-ataque – o artilheiro chutou cruzado e deixou o Bahia com a mão na taça.

O Ceará ressurgiu no jogo com Jael, o cruel. Seguindo a lei do ex, o atacante entrou, aos 30, e precisou de oito minutos para balançar a rede para o Vozão – levando a final para os pênaltis.

Na decisão por pênaltis, Thonny Anderson desperdiçou para o tricolor enquanto Jorginho e Marlon desperdiçaram para o Vozão. Coube ao zagueiro Conti balançar a rede pela última vez e dar o título ao Bahia.

FICHA TÉCNICA:
CEARÁ 1 X 2 BAHIA

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 8 de maio de 2021, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (AL)
VAR: Pablo Ramos Gonçalves Pinheiro (RN)
Cartões Amarelos: Juninho, Rossi, Matheus Galdezani, Daniel, Lucas Araújo ​(BAH) Lima, Mendoza (CEA)

GOLS:
CEARÁ Jael (38’2T)
BAHIA: Rodriguinho (18’2T) Gilberto (24’2T)

CEARÁ: Richard; Gabriel Dias (Cléber), Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Pedro Naressi (Fernando Sobral), Oliveira (Marlon), Vina (Jorginho) e Lima; Mendoza e Felipe Vizeu (Jael).
Técnico: Guto Ferreira

BAHIA: Matheus Teixeira; Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Jonas (Matheus Galdezani), Thaciano (Lucas Araújo) ​e Daniel (Edson); Rodriguinho, Rossi (Óscar Ruíz) e Gilberto (Thonny Anderson).
Técnico: Dado Cavalcanti

Deixe seu comentário



Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)