Automobilismo

Bandeirantes confirma transmissão exclusiva da Fórmula 1 por dois anos

Formula 1 na Band

O Grupo Bandeirantes anunciou nesta terça-feira (9) um novo acordo para a transmissão exclusiva do Campeonato Mundial de Fórmula 1 até o final de 2022.

O anúncio foi feito por José Luiz Datena, no Brasil Urgente, ao lado do comentarista Reginaldo Leme e da apresentadora Glenda Kozlowski.

O contrato prevê a exclusividade para a exibição das 23 provas do calendário da temporada. As corridas serão exibidas na Rede Bandeirantes e os treinos classificatórios da Fórmula 1 no canal pago BandSports, que também transmitirá a Fórmula 3 e a Fórmula 2. Com mais essa aquisição, a emissora se consolida como o “Canal dos Esportes”, ratificando seu DNA.

“O Brasil representa um dos cinco maiores mercados do mundo em audiência e faturamento da Fórmula 1. Voltar a ser a casa da categoria depois de 41 anos é motivo de muito orgulho para nós”, diz João Saad, presidente da Rede Bandeirantes de Rádio e Televisão.

As transmissões acontecem já a partir da primeira corrida em março. Além de toda a temporada de 2021, o acordo prevê também as provas de 2022. Um dos pilares deste acordo será a cobertura extensa de toda a temporada com conteúdo jornalístico em todas as plataformas de comunicação do Grupo Bandeirantes.

A Band terá uma equipe de especialistas comandando as transmissões como, por exemplo, o comentarista Reginaldo Leme – há mais de 40 anos acompanhando a categoria. Além disso, uma equipe estará em todos os circuitos ao vivo para trazer informações em toda a programação.

A Band transmitiu a Fórmula 1 pela última vez em 1980. Durante os últimos 41 anos, os direitos foram da Rede Globo. O Grupo Bandeirantes parabeniza o Grupo Globo pela grande qualidade técnica e jornalística, que valorizou e elevou a importância da modalidade.

“A Band, junto com todo o time da F1, vai trabalhar muito e com toda a motivação para que o amante do automobilismo vibre com o jeito Band de fazer esporte. Será uma jornada espetacular e não vemos a hora de ser dada a largada”, comemora Denis Gavazzi, diretor de esportes.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)