Empreendedorismo

Brasil ganha 3 novos Centros de Distribuição da Amazon; agora já são 8 no País

A Amazon anunciou nesta segunda-feira (9) a sua maior expansão no Brasil, com a abertura de novos centros de distribuição em Minas Gerais (Betim), Distrito Federal (Santa Maria) e Rio Grande do Sul (Nova Santa Rita). Com este anúncio, a Amazon passa a contar com oito CDs para atender a  clientes em todas as cidades brasileiras.

Como efeito direto dessa expansão, mais de 500 municípios devem ter as entregas aceleradas. Integrantes do programa de fidelidade Prime vão poder receber as compras num prazo que parte de dois dias para produtos elegíveis, com frete grátis e outros benefícios. O Brasil é o país com o crescimento mais rápido em assinaturas Amazon Prime a partir do lançamento. A inauguração dos novos CDs representa a geração de mais de 1.500 empregos diretos, além de empregos indiretos no país.

“Nossa expansão logística está alinhada com o objetivo de continuar trazendo mais conveniência aos clientes,  com aumento de capacidade, ampliação de catálogo de produtos e entregas cada vez mais rápidas  a mais cidades. Essa expansão nos ajudará a aprimorar ainda mais o atendimento aos clientes brasileiros, não apenas nos Estados onde estamos abrindo os CDs, mas em todo o País”, diz Alex Szapiro, country manager da Amazon no Brasil.

Governadores comemoram

Para o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, a inauguração é histórica. “Termos sido selecionados pela Amazon dá uma enorme alegria a todos. Isso demonstra as condições favoráveis de negócios que vivemos em Minas Gerais e reforça a competitividade de nossa economia. É uma prioridade do nosso governo apoiar as empresas que desejam fazer negócios e, ao mesmo tempo, atrair investimentos para a geração de empregos e renda dos cidadãos. O investimento da Amazon é uma prova de que estamos no caminho certo para o sucesso”, avaliou.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, também comemorou. “A vinda da Amazon para o Distrito Federal consolida nossa estratégia de valorizar a vocação de Brasília como um grande operador logístico, com localização privilegiada no centro do País e da América Latina.”

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite disse que a decisão da Amazon vai ao encontro das medidas tomadas para tornar o Estado cada vez mais receptivo aos investimentos privados, “gerando empregos, melhorando a renda das famílias e impulsionando o desenvolvimento. Além de trazer todos esses benefícios, a instalação do centro de distribuição de uma empresa como a Amazon representa uma mudança de paradigma para o e-commerce no Estado e na Região Sul do Brasil.”

Imagem: Divulgação

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo