Empreendedorismo

Brasileiros vão gastar mais com presentes no Dia dos Pais

O avanço da vacinação e a reabertura gradual da economia parece ter animado os consumidores. Um levantamento realizado pela Shopee, plataforma de comércio eletrônico, revela a intenção de compra de presentes mais caros do no Dia dos Pais do que os escolhidos no Dia dos Namorados e até mesmo no Dia das Mães.

Segundo a pesquisa, o preço médio dos presentes deve ficar R$ 245. A pesquisa mostra, porém, que o consumidor que faz compras online há mais de um ano tende a gastar mais: R$ 263, em média. Aqueles que estão há menos de seis meses no universo digital pretendem gastar R$ 204.

A maioria dos consumidores, 70,5%, ainda está indecisa sobre o que presentear, mas 53,7% planejam comprar algo com duas semanas ou mais de antecedência. Entre os itens preferidos estão calçados (sapatos, tênis) com 16% das intenções de compra, seguidos de acessórios (relógio, carteira, óculos, boné), joias, esportes, câmeras e acessórios, eletrodomésticos, saúde e beleza, acessórios para veículo, informática, comida e bebida.

Segundo o levantamento, 60,5% consideraram o preço acessível e o custo-benefício na decisão de compra. Outros 15% buscam algo que a pessoa deseja ganhar.

O estudo também apontou os quatro principais fatores que fazem os consumidores irem às compras online, onde 66% responderam que são motivados por cupons de frete grátis; 57,1% afirmaram que são os preços baixos, 56,6% as promoções, e 54% a variedade de produtos disponíveis. A pesquisa foi feita com 3.800 consumidores de todas de todas as regiões do País.

Campanha especial

De olho na data, a Shopee fará a campanha 8.8 Liquidação Dia dos Pais com ofertas especiais no mês de agosto. Seguindo o modelo das datas duplas com mais vantagens, a empresa oferecerá ainda descontos adicionais e cupom de frete grátis sem valor mínimo de compras no dia 8 de agosto.

Fundada em 2015 em Singapura como parte da Sea Limited, a Shopee está no Brasil desde 2019. O propósito é conectar consumidores, marcas e vendedores e capacitá-los a comprar e vender de qualquer lugar e a qualquer momento. A Sea Limited também é proprietária de outros negócios, como Garena, o braço de entretenimento digital, e SeaMoney, de serviços financeiros digitais.

Imagem: BigStock




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)