Educação

Caiado diz em live que aulas presenciais com segurança em Goiás só em 2021

Governador Ronaldo Caiado discutiu educação com oito governadores de estado

O governador de Goiás participou de uma Live com oito governadores para discutir a educação e a voltas às aulas após a pandemia no Novo Coronavírus. O evento contou com a participação dos governadores Welligton Dias (Piauí), Waldez Góes (Amapá), Flávio Dino (Maranhão), Camilo Santana (Ceará), Renan Filho (Alagoas), Paulo Câmara (Pernambuco), Renato Casagrande (Espírito Santo) e Belivaldo Chagas (Sergipe). O encontro virtual foi mediado pelo diretor-executivo da Fundação Lemann, Denis Mizne, e pelo diretor-presidente do Instituto Natura, David Saad.

Caiado deixou claro que a volta às aulas presenciais com segurança em Goiás deve ocorrer somente em 2021 e que, para garantir a qualidade de ensino-aprendizagem dos estudantes goianos, o Governo de Goiás lançou mão de várias ferramentas tendo em vista manter o ano letivo de 2020 com o ensino a distância.

“Estou muito otimista que vamos começar a produzir vacinas com um selo de garantia capaz de trazer imunidade suficiente para voltarmos o ano que vem às nossas atividades escolares”, declarou.

Material em casa

Em Goiás as crianças estão recebendo as apostilas e atividades escolares em casa. O próprio serviço de transporte escolar, custeado pelo Estado, que antes levava e trazia os estudantes das escolas, atualmente trabalha na distribuição desse material.

“Mantemos o ritmo para exigir maior participação dos alunos. Os professores também visitam as residências. Enfim, criamos um sentimento de estimular, cada vez mais, diante da ausência da sala de aula, este ensino a distância”, disse o governador.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo