Tecnologia

Campanha do Signal mostra o que o Instagram e Facebook sabem sobre você (e é banida!)

O aplicativo de mensagens seguras lançou uma campanha onde mostra os dados que o Instagram e Facebook coletam sobre você. E isso irritou o Facebook.

A discussão sobre os dados dos usuários pelas redes sociais já é de longa data, porém muitas pessoas não tem a real noção do que o Instagram sabe sobre usuários, bem como outras redes como o Facebook e o Google.Uma campanha do Signal, aplicativo de mensagens mais amigável quanto às informações que coleta, quis mostrar isso para os usuários a partir de algumas propagandas no Instagram — que, prontamente, foram banidas.

A campanha do Signal que mostra o que o Instagram e o Facebook sabem sobre usuários

A campanha do Signal foi feita de tal forma que exibia para os usuários expostos a ela algumas das informações que o Facebook, como empresa coleta sobre eles. Por exemplo, caso o usuário seja um professor recém-casado, a informação seria mostrada, além de alguns gostos da pessoa, como se gosta de desenhos ou de alguma cantora. Na imagem abaixo a propaganda mostra, em tradução livre: “Você recebeu essa propaganda por ser um instrutor de pilates recém-casado que adora desenhos. Essa propaganda usou sua localização para saber que você está em La Jolla. Você gosta de blogs sobre paternidade e pensa sobre adoção para casais LGBTQ.” Essas propagandas seriam veiculadas no Instagram, no meio do feed dos usuários.

Campanha do signal
Uma das campanhas que seriam veiculadas pelo Signal dentro do Instagram.

“O Facebook ajuda a vender informações sobre as pessoas, menos quando é para mostrar quais informações dessas pessoas ele tem. Ser transparente em como os dados são usados é o suficiente para ser banido da plataforma.”

Jun Harada, gerente de crescimento e comunicação do Signal.

Essas informações são possíveis de aparecer para os usuários graças a uma ferramenta do Facebook Ads, que também é responsável pela construção de anúncios para o Instagram, chamada Facebook Ad Manager. Nela, o dono da campanha pode escolher muitas opções para servirem de objetivo para a campanha, como focar em pessoas em relacionamentos recentes, fãs de desenhos, fãs de divas pop ou entusiastas de políticas liberais ou conservadoras. É realmente muita coisa o que o Instagram sabe sobre usuários a partir dos dados coletados pelo Facebook, que é seu dono. A campanha do Signal buscava mostrar isso e elucidar esses dados para quem a recebesse.

O que o instagram sabe sobre usuários
Imagem da plataforma Facebook Ad Manager.

Não se sabe especificamente o motivo pelo qual o Facebook não permitiu que a campanha fosse circulada, porém segundo dito pelo próprio Signal, após a criação da campanha, a conta de propagandas e campanhas do Signal no Facebook Ads foi banida. Considerando que ele só mostrava algumas das informações disponíveis para os usuários, essa situação fica com um ar bem estranho.

Para mais informações sobre segurança em produtos do Facebook, como a falha que pode deixar os usuários sem acesso ao WhatsApp, fique de olho no Showmetech.

Fonte: Signal Blog, Tom’s Guide


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)