Esportes

CBF antecipa calendário e Fluminense jogará em sequência partidas contra o Criciúma pela Copa do Brasil; veja

RIO — O calendário do Fluminense tem novas mudanças após o adiamento em duas semanas da partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Cerro Porteño, por conta da tragédia envolvendo a morte de Alexsandro Javier, filho do técnico do clube paraguaio, Francisco Arce.

No início da noite desta quarta-feira, a CBF confirmou mais alterações no calendário tricolor a pedido da TV e adiantou para o sábado (31) a partida de volta das oitavas da Copa do Brasil, contra o Criciúma, no Maracanã. Com isso, o confronto que aconteceria contra o Juventude nesta data, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi adiado — e não mais o jogo contra o América-MG, no dia 7 de agosto, que agora está mantido. O Flu terá uma sequência de cinco jogos em 15 dias, entre fases decisivas de Libertadores, Copa do Brasil — com dois jogos seguidos.

Após toda a semana livre para o técnico Róger Machado treinar a equipe — o que pode acabar tendo impacto positivo, inclusive para preservar e aprimorar a parte física dos medalhões do time, como Nenê, que completou 40 anos nesta segunda-feira (19), Fred, com 37, e Egídio, 35 —, o próximo compromisso do tricolor das Laranjeiras será fora de casa contra o Palmeiras, no sábado (27), em jogo válido pela 13ª rodada do Brasileiro. Após a derrota para o Grêmio em casa, por 1 a 0, a partida é tida como importante para que o time não descole do primeiro pelotão.

Em seguida, o Fluminense visita o Criciúma pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no estádio Heriberto Hüse, em Santa Catarina. Depois, o jogo de volta no Maracanã acontece já na sequência, no dia 31 de julho, sábado, e não mais no dia 7 de agosto, como era previsto. Três dias depois, o Fluminense joga outra decisão, agora contra o Cerro Porteño, também no Rio, pela volta das oitavas da Libertadores. Na ida, o Flu venceu por 2 a 0 fora de casa, com gols de Nenê e Egídio.

Possível desfalque

As atenções tricolores também estão voltadas para a próxima quinta-feira (22), quando o atacante Abel Hernández será julgado no STJD por conta de um pisão que deu no volante Gabriel, do Corinthians, e resultou na sua expulsão, durante empate em 1 a 1 contra a equipe paulista, em São Januário, pela 7ª rodada do Brasileiro. Caso seja suspenso, o uruguaio deverá ficar de fora da partida contra o Palmeiras.


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)