Esportes

Chelsea vence City e adia título inglês do rival; Bayern leva nono campeonato alemão seguido

Fim de semana movimentado nas grandes ligas europeias. O Manchester City perdeu a oportunidade de se sagrar pentacampeão da Premier League com três rodadas de antecedência. Em prévia da final da Liga dos Campeões deste ano, os citizens receberam o Chelsea no Etihad Stadium e perderam de virada por 2 a 1.

Já o Bayern de Munique se sagrou campeão alemão pela nona vez seguida, somando 32 conquistas. O título veio antes mesmo da equipe entrar em campo, após o RB Leipzig ser derrotado fora de casa pelo Borussia Dortmund. Mais tarde, os bávaros ratificaram o título goleando por 6 a 0 o Borussia Mönchengladbach.

Com três gols na partida, o polonês Robert Lewandowski foi o grande destaque do jogo. Müller, Sané e Coman completram a goleada. O time bávaro ainda teve o zagueiro Nianzou expulso apenas cinco minutos depois de entrar em campo, para substituir Goretzka.

Chelsea leva prévia de decisão

Em um primeiro tempo de poucas emoções no início, o City dominou a maioria das ações contra o Chelsea, mas sem criar chances claras. Aos 31, em uma de suas poucas descidas ao ataque, a equipe londrina chegou a marcar, com Werner desviando chute do lateral James. Mas o alemão estava impedido, e o gol foi anulado. No final da primeira etapa, os citizens abriram o placar. Em boa jogada de Gabriel Jesus, o brasileiro ganhou da marcação, invadiu a área e tocou para Agüero, que não conseguiu dominar, mas deixou para Sterling completar para o gol.

LEIA MAIS:  Neymar e PSG acertam extensão de contrato até 2025

Logo em seguida, o City teve a chance de ampliar, em cobrança de pênalti. Gabriel Jesus fez boa jogada e foi derrubado por Gilmour na entrada da pequena área. No entanto, Agüero tentou a cobrança de cavadinha, no meio do gol, e o goleiro Mendy pegou com facilidade. O argentino perdeu a oportunidade de igualar Wayne Rooney na artilharia histórica da Premier League por um mesmo clube — o inglês marcou 183 gols pelo United.

Após o intervalo, o Chelsea tomou o controle do jogo, e se lançou mais ao ataque. Aos 14, o time roubou a bola no campo ofensivo, chegando aos pés de Pulisic, que finalizou com perigo. Mas a mudança na postura resultou em gol três minutos depois. Em nova recuperação no campo de ataque, Azpilicueta toca para Ziyech, livre, finalizar da entrada da área.

Mansur:  Fernandinho, Thiago Silva e o cancelamento desmoralizado

Guardiola não esperou muito e lançou Foden e Gündogan, nas vagas de Agüero e Ferrán Torres. Tuchel botou Jorginho no lugar de Kanté. O Chelsea seguiu melhor na partida, e chegou a marcar com Werner, aos 33, e com Hudson-Odoi, aos 35, mas os gols foram anulados por impedimento. O City respondeu em seguida, com bela jogada de Sterling, que foi travado por Zouma na hora do chute, e com Foden, completando com perigo cruzamento de Gündogan. No fim do jogo brilhou a estrela de Alonso. O lateral entrou no segundo tempo e completou cruzamento de Werner, selando a virada do Chelsea.

Este foi o terceiro de quatro encontros dos times na temporada. No primeiro turno do inglês, vitória dos citizens em Stamford Bridge por 3 a 1. Pela FA Cup, em Wembley, os londrinos levaram melhor: 1 a 0 e vaga na final do torneio. As equipes voltam a se enfrentar no dia 29 deste mês, desta vez para decidir o título europeu, em jogo único no Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul, na Turquia.

Reta final na Espanha

Barcelona e Atlético ficaram no empate no confronto direto pela liderança do Espanhol. Em duelo muito disputado e com boas atuações dos goleiros, o time do técnico Diego Simeone tem mais o que comemorar, por segurar a liderança em jogo fora de casa contra adversário direto pelo título. A três rodadas do fim da competição, a equipe de Ronald Koeman chega à vice-liderança com o empate — podendo perder a posição novamente para o Real Madri, que joga no domingo, contra o quarto colocado Sevilla.


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)