TV

Cinejornal recebe Arnaldo Jabor no aniversário de 80 anos do cineasta

Divulgação

Em homenagem ao aniversário de 80 anos de Arnaldo Jabor, Simone Zucolotto entrevista o cineasta no ”Cinejornal” deste sábado, dia 12, às 13h55, no Canal Brasil. Durante a conversa, o diretor e roteirista conta como começou sua carreira no cinema, aponta os perigos da desvalorização do cinema nacional e ainda revela alguns detalhes sobre seu próximo filme, que será lançado onze anos após “A Suprema Felicidade”, de 2010.

Com previsão de estreia para 2021, “Meu Último Desejo” é baseado na obra de Rubem Fonseca. O diretor conta que, apesar de ser uma história pessoal, retrata de maneira ampla a situação psicológica que o país atravessa hoje: “Essa depressão, esse desencanto, essa ausência de esperança, a dificuldade de conseguir emprego e trabalho, dificuldade de se inserir no contexto social, isso de alguma forma está no filme.”

Formado no ambiente do Cinema Novo, Jabor dirigiu importantes longas que se tornaram clássicos da cinematografia brasileira. Suas obras são reconhecidas e premiadas em festivais nacionais e internacionais, incluindo um Urso de Prata no Festival de Berlim (1973) pelo longa-metragem “Toda Nudez Será Castigada”.

Para homenagear as oito décadas de Arnaldo Jabor, o Canal Brasil exibe, entre os dias 23/12 e 20/01, alguns de seus principais trabalhos, como “Eu Sei Que Vou te Amar” (1986), “Tudo Bem” (1978), “Eu Te Amo” (1982), “O Casamento” (1975) e “Toda Nudez Será Castigada” (1973).

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)