Automobilismo

Correr em casa faz melhorar o rendimento

George Russell

George Russell alcançou o seu melhor resultado em classificação na Fórmula 1 com a Williams. Em frente aos seus fãs em casa, o jovem piloto britânico chegou ao Q3 e se classificou em P8 para a corrida curta.

“Esse foi o meu melhor resultado de classificação em Silverstone em frente ao público de casa. Uma sensação muito especial, a cada volta os via pular e aplaudir. Tenho a certeza que é o mesmo para Lando (Norris). Nunca experimentamos isso. Um ano e meio sem qualquer fã. Voltar com capacidade total numa sexta-feira é uma boa sensação”, disse Russell à Sky Sports.

“Com certeza, a multidão fornece tempo de volta. Eles lhe dão uma mola extra no seu passo. Ajuda-nos a ter um sentido de responsabilidade de render para eles. A pressão nos faz prosperar”, prosseguiu.

Com um formato alternativo para o fim de semana do GP inglês, os resultados de hoje formam o grid para a corrida curta de classificação. Russell precisará de outro desempenho forte, mas com a Williams fora de qualquer luta no Campeonato, Russell não tem nada a perder e promete dar tudo de si.

“Temos que atacar. Só chegamos a esta posição colocando absolutamente tudo em cima da mesa. Se eu vir uma oportunidade, vou atrás dela. Já tive mais de 40 corridas na F1, em cada corrida é a carga máxima de combustível. Agora é um terço da carga de combustível”, acrescentou ele.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)