Mundo

Covid-19. Áustria impõe recolher obrigatório e fecha restaurantes

A Áustria anunciou este sábado um toque de recolher obrigatório e o encerramento de cafés, bares e restaurantes, uma vez que as infecções por coronavírus se aproximam do que o governo diz ser um nível insustentável para seu sistema de hospitais.

O país adoptou um lockdown abrangente e eficaz durante a primeira onda de infecções em Março, mas evitou acção similar mesmo com os casos diários em franca ascensão. Bares, restaurantes e teatros permaneceram abertos, numa tentativa de ajudar o crescimento económico.

Mas com as infecções diárias a saltar para mais de 5.600 na sexta-feira – um novo recorde pouco abaixo dos 6 mil que o governo diz que ultrapassará a capacidade dos hospitais – o governo foi forçado a agir.

O chanceler Sebastian Kurz anunciou as medidas em entrevista à imprensa. As novas prerrogativas entram em vigor a partir de terça-feira e duram até ao final de Novembro. Entre elas está um toque de recolher obrigatório das 20h às 6h.

As medidas não compõem um lockdown geral, com lojas, indústrias, jardins de infância e escolas primárias a permaneceram abertas. Escolas secundárias e universidades adoptarão estratégias de ensino à distância, disse Kurz.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo