Futebol

Cuca elogia Jobson e pede paciência com Jean Mota ao torcedor do Santos: “Estamos recuperando ele”


Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

O técnico Cuca analisou o desempenho de Jobson e Jean Mota após a vitória do Santos por 3 a 1 sobre o Bahia neste domingo, na Vila Belmiro, pela 19ª e última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O treinador elogiou Jobson como meia e pediu paciência com Jean Mota ao torcedor santista.

“Jobson, por ter qualidade, visão de jogo e passe, atrás havia algum risco. E na frente não faz mal se passe não entrar. E os que entram geram possibilidade de gol, como foi no segundo gol, o do Marinho. Jogou bem, pega intensidade dentro de jogo, tem melhorado e é necessário no futebol de hoje. Sem intensidade, não se joga. Tem que unir qualidade e técnica com intensidade”, disse Cuca, sobre Jobson.

“Jean Mota é alvo de críticas da torcida, mas torcedor precisa entender que são as peças que temos. Com tolerância maior, futebol será melhor. Todos vão ler. Se não lerem, vão falar que ganhou nota 4, por exemplo. Existem outras valias, preenche espaço e faz coberturas que meninos não sabem fazer. Algumas peças vão correr um pouco mais para outros jogadores. Falta ritmo de jogo, é nítido. Foi artilheiro do Campeonato Paulista com ritmo maravilhoso, tudo que fazia dava certo. Estamos recuperando ele. Precisam ter mais paciência e tolerância com ele”, falou o técnico, sobre Jean Mota.

Cuca deve manter o meio-campo com Diego Pituca-Jobson-Jean Mota contra o Ceará, quarta-feira, no Castelão, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Peixe precisa vencer em Fortaleza após o 0 a 0 na Vila Belmiro. Um novo empate levaria a eliminatória para os pênaltis.

Deixe seu comentário


Artigos relacionados

Usuários lendo agora...
Fechar
Botão Voltar ao topo