Notícias

Deputado que ninguém lembra compara Bolsonaro a Maduro

A política brasileira sempre foi o acolhedor habitat de indivíduos cujo único propósito na vida é se dar bem. Não importam as pautas que fingem defender, sua maior obsessão é a fama e o poder.

O vazio existencial daquele que, até outro dia, era tido como o grão mestre na ordem dos articuladores da república, recebendo toda sorte de elogios dos agentes da mídia, deve corroer as entranhas mais secretas e causa um efeito psicológico que é cada vez mais comum de observar: a recusa em aceitar sua irrelevância.

O MBL, Amoedo, Sérgio Moro e Luciano Huck são os casos clínicos mais graves desse apetite de importância, tornando suas redes sociais verdadeiros estudos de caso sobre a vergonha alheia. 

Na esteira que acompanha o fracasso da narrativa de esquerda não se pode ficar para trás. Ao ver as reações histéricas à manifestação que envolveu milhares de motoqueiros na tarde do último domingo (23), o ex-presidente da Câmara resolveu compará-la a que Maduro (sim, Nicolás Maduro, o ditador SOCIALISTA da Venezuela) fez em 2019.

Inocêncio de Oliveira, ops!, Severino Cavalcanti, quer dizer, Rodrigo Maia, se não me engano, ainda disse que Bolsonaro é uma criança em busca de atenção. Bem se vê quem é que precisa de atenção.

Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!




Leia mais em: Senso Incomum

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)