Automobilismo

“Eu estou sozinho na luta”

Max Verstappen e Sergio Perez

Max Verstappen teve de se contentar com o segundo lugar no GP da Espanha.

Após uma manobra ousada na primeira curva, o piloto da Red Bull liderou a corrida por muito tempo, mas acabou sendo ultrapassado por Lewis Hamilton.

“A largada foi boa. Tudo correu bem”, declarou Verstappen ao Ziggo Sport. “É claro, o último a frear é o primeiro a sair da curva. Eu arrisquei porque sabia que seria difícil de outro modo. Fiz tudo o que podia para ficar à frente, mas fomos lentos demais hoje”.

“Foi um risco calculado. Eu entrei mais forte na curva, e em certo ponto você precisa desistir se está por fora. Depois daquilo, tentei fazer a melhor corrida que pude, mas fomos simplesmente mais lentos e nossos pneus se desgastam mais”.

“Eu também estou sozinho nessa luta. Eles podem fazer uma segunda parada facilmente porque há um espaço atrás deles. É claro que isso também não ajuda”.

Quando o repórter lhe perguntou se seu companheiro de equipe Sergio Perez deveria fazer mais, Verstappen foi sincero. “Então pelo menos eles não poderiam fazer aquele segundo pit-stop”.

Porém, segundo ele, não teria feito tanta diferença porque a Mercedes estava simplesmente mais veloz. “Com pneus macios, você já podia ver isso, mas é necessário gerenciar mais. Com o médio, você pode acelerar mais, e foi quando realmente ficou claro que não tínhamos velocidade hoje”.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Usuários lendo agora...
Fechar
Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)