Automobilismo

F1 – Grosjean apoia o novo chefe da Alpine

Davide Brivio

Uma terceira personalidade da Fórmula 1 defendeu a decisão da Renault de contratar Davide Brivio como chefe da renomeada equipe Alpine.

Em janeiro, Flavio Briatore, ex-chefe da Renault, disse que a falta de experiência de Brivio na F1 não será um problema.

“Eu também não tinha experiência quando cheguei lá”, declarou o italiano. “Eu nunca sequer havia assistido uma corrida, mas acabei vencendo sete campeonatos mundiais”.

Luca de Meo, CEO da Renault, também defendeu seu novo contratado, afirmando que “não importa se a F1 tem duas rodas a mais” do que a MotoGP – onde Brivio era o chefe da Suzuki.

Agora, Romain Grosjean, ex-piloto da Renault, espera que a entrada de Brivio na F1 seja “uma boa jogada”.

“Eu estive observando e acompanhando as mudanças na Alpine e acho que fiquei bastante surpreso”, disse o francês ao jornal esportivo Marca. “Eu conheço Brivio um pouco. Sou um grande fã da MotoGP, então obviamente venho acompanhando sua trajetória na principal categoria do motociclismo mundial e assisti o campeonato que ele venceu com (Joan) Mir em 2020”.

“Ele conhece muito bem as corridas, portanto espero que seja uma boa jogada da Renault. Além disso, Marcin (Budkowski) no topo da equipe também contribuirá muito. Eu desejo o melhor a eles. Passei 10 anos da minha vida na Renault, então realmente lhes desejo o melhor e espero que eles possam dar sequência ao que fizeram no ano passado. Eles devem se sair bem”.

 

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)