Automobilismo

F1 – Hamilton tirou lições positiva do Azerbaijão

Hamilton passa reto na relargada

Apesar dos Prateados terem começado um fim de semana miserável no Azerbaijão tanto com Hamilton como com Bottas na sexta-feira de treinos livres, no domingo o heptacampeão por muito pouco não conseguiu uma reviravolta espetacular ganhando a corrida depois da relargada nas voltas finais.

Max Verstappen sofreu uma falha catastrófica de pneu no final da reta e bateu quando liderava, provocando uma bandeira vermelha onde todos os carros foram para o pitlane e puderam ser consertados e trocar seus pneus.

Hamilton alinhou em segundo e relargou melhor que o P1 naquele momento, que era Sergio Perez, mas um esbarrão num botão errado (veja a explicação minuciosa AQUI) acabou com as chances do inglês vencer a corrida.

Assim, Hamilton sair da pista, voltou em último e não teve chances de se recuperar em apenas mais duas voltas.

Mas Hamilton viu pontos positivos e destacou a maneira como sua equipe foi mudando o acerto do carro durante as difíceis sessões de treinos antes de encontrar uma boa solução para a classificação e a corrida.

“Acho que foram duas semanas incrivelmente difíceis, ou duas corridas”, disse ele. “E acho que hoje é obviamente uma experiência dolorosa. Acho que domingo foi realmente um golpe de azar. Mas Max teve azar também, e esse tipo de coisa acontece.”

“Então, naturalmente, sinto muito por toda a equipe e vamos apenas nos reagrupar e tentar voltar mais fortes.”

“Mas acho que há muitos pontos positivos a serem tirados do fim de semana em termos de como nos recuperamos e voltaremos mais fortes.”

“Acho que naturalmente você pode ver claramente que o Red Bull é o mais rápido no momento. Muito, muito difícil acompanhá-los hoje. E estar na mistura, e naquela posição, foi realmente uma experiência incrível.”

“E é uma experiência bastante humilhante sair sem nada depois de todo o trabalho duro. Mas essas coisas acontecem.”

Questionado pelo Motorsport se ele estava preocupado com o fato de o vencedor de Baku, Perez, levar pontos em sua batalha contra Verstappen, ele disse: “Quero dizer, o carro deles é incrivelmente rápido, então acho que sem dúvida os dois juntos tornarão isso difícil.”

“Isso era o que esperávamos no início do ano. Portanto, vamos apenas nos manter focados.”

Hamilton disse que o fracasso de Verstappen em marcar no Azerbaijão não diminuiu sua própria frustração.

“É irrelevante, realmente não faz nenhuma diferença, para ser honesto. Essas coisas nos testam, e é muito difícil também porque eu perdi o amigo Mansour Ojjeh esta manhã, e então apenas tive mistura de emoções. Mas viveremos para lutar outro dia.”

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)