Automobilismo

F1 – Leclerc não sairia da Ferrari “nem pelo dobro de dinheiro”

Charles Leclerc

Charles Leclerc está apenas em seu quarto ano na Fórmula 1, mas certamente já é uma das estrelas da categoria.

Com o contrato mais longo entre todos os pilotos (até 2024), ele continuará na Ferrari por um bom tempo.

Em uma entrevista ao Il Giornale da Itália, Leclerc expressou novamente seu amor pela Ferrari. Ao ser questionado se trocaria de equipe se pudesse ganhar o dobro de dinheiro, ele respondeu: “Não, porque a Ferrari é especial. Dinheiro é importante, mas eu acredito no projeto e quero ir até o fim com a equipe com a qual sonhava desde a infância”.

O monegasco tem apenas um objetivo, se tornar campeão mundial com a Ferrari. “Eu quero tentar, e se tenho algo em mente, quero ir até o fim. Não há ofertas que possam me parar: estou muito feliz aqui, quero cumprir a meta que estabeleci e não sairei até alcançá-la”.

Pelo menos nesta temporada, parece cedo demais para Leclerc se envolver na batalha pelo campeonato. Portanto, os objetivos são um pouco mais modestos. “Vencer pelo menos uma corrida neste ano. Será difícil, mas essa é minha mentalidade”.

Na disputa pelo título, ele aponta Max Verstappen como o maior favorito. “Verstappen tem todas as cartas na mão para conseguir. O carro parece bom e ele está pilotando muito bem”.

Sobre seu novo companheiro de equipe Carlos Sainz, Leclerc comentou: “Ele é realmente forte. Sua maior habilidade é como adapta seu estilo de pilotagem às diferentes situações em que está. Nós forçamos um ao outro e isso é positivo. Por enquanto, está funcionando e eu espero que continue assim. Nós trabalhamos bem juntos e conversamos bastante, o que é bom para a equipe”.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo