Automobilismo

F1 – Norris nega ter atrasado Verstappen de propósito

Lando Norris

Perto do final da classificação, Lando Norris recebeu uma mensagem do seu engenheiro sobre um Max Verstappen que se aproximava. O holandês ainda não tinha marcado tempo e não estava autorizado a receber “quaisquer presentes” do piloto da McLaren. O britânico explica agora do que se tratava a mensagem.

Na sua primeira volta no Q3, Max Verstappen conseguiu definir 1min18s2, um tempo de volta que, em retrospectiva, teria sido suficientemente bom para a pole. No entanto, o holandês ultrapassou os limites da pista na curva quatro e viu o seu tempo ser removido. Verstappen teve, portanto, que dar tudo na sua volta final para se aproximar da Mercedes.

Ele conseguiu fazê-lo, mas não o suficiente para a pole position. A volta foi “apenas” suficiente para o terceiro lugar no grid e Verstappen não ficou satisfeito com isso no rádio. Ele se queixou do trânsito e não compreende por que razão os outros pilotos se afastaram do caminho enquanto fazia uma volta rápida.

As acusações de Verstappen parecem ser dirigidas a Lando Norris, que fez uma grande parte da volta à frente do holandês. O britânico também foi informado pelo seu engenheiro via rádio que não estava autorizado a dar “quaisquer presentes” a Verstappen.

Segundo o piloto da McLaren, essa mensagem não significava que ele teria que atrasar o holandês. “Significava que não lhe devia dar um vácuo na reta”, explicou Norris posteriormente em conversa com Christian Nimmervoll, da Motorsport-Total.com.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)