Automobilismo

F1 – Red Bull contrata chefe de engenharia da Mercedes

Red Bull

A Red Bull Powertrains, recém-formada divisão de motores da companhia de bebidas energéticas, anunciou uma contratação importante.

Ben Hodgkinson será o novo diretor técnico da Red Bull Powertrains após completar seu contrato atual de chefe de engenharia da Mercedes-Benz High Performance Powertrains. Ele trabalhou mais de duas décadas na marca alemã, que conquistou todos os títulos mundiais de pilotos e construtores na Fórmula 1 nos últimos sete anos.

Christian Horner, chefe da Red Bull, disse que Hodgkinson “vem para este projeto incrivelmente empolgante como um vencedor comprovado e um inovador capaz de liderar uma equipe de engenheiros igualmente capacitados”.

A nova divisão Red Bull Powertrains está sendo construída na sede da equipe em Milton Keynes, a uma curta distância da fábrica de motores da Mercedes em Brixworth. Ela vai assumir a manutenção e produção das unidades de potência da Honda depois que a montadora japonesa deixar a F1 no final deste ano.

“Quando a Red Bull anunciou a criação da Red Bull Powertrains, ela também estava anunciando uma nova fase da ambição da companhia na F1 – trazer todos os aspectos do projeto do carro para dentro de casa e colocar nosso destino em nossas próprias mãos”, afirmou Horner.

“A derradeira expressão disso é o desenvolvimento de uma unidade de potência Red Bull para a próxima geração do regulamento de motores da F1. A contratação de Ben assinala nossas intenções a longo prazo, e nós vamos apoiá-lo com todos os recursos disponíveis exigidos para alcançar o sucesso”.

Hodgkinson admitiu que “não foi uma decisão fácil sair da HPP após quase 20 anos, mas a oportunidade de assumir um projeto tão importante e de longo alcance é uma grande honra”.

“A Red Bull é uma competidora séria na F1 e tem sido nossa maior rival na era híbrida”, acrescentou ele. “Portanto, estou ansioso para ver o que podemos alcançar juntos nesta nova fase da jornada da companhia”.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo