Automobilismo

F1 – Schumacher na Haas seria uma honra, diz Steiner

Mick Schumacher

A contratação de Mick Schumacher para 2021 seria “uma honra”, admitiu o chefe da Haas Gunther Steiner. Tendo já dito a Kevin Magnussen e Romain Grosjean que eles não serão mantidos para 2021, é o sinal mais claro de que Schumacher irá preencher um dos cockpits vagos.

Steiner disse à RTL que a Haas está “na reta final” com os seus planos dpara 2021. Quando questionado especificamente sobre a perspectiva de acolher o filho de Michael Schumacher na equipe, ele admitiu: “Seria uma honra para nós. Um Schumacher de novo na Fórmula 1 seria bom para a Alemanha e para a Fórmula 1”.

Steiner confirmou também que estão decorrendo conversações com o russo Nikita Mazepin, insistindo que uma dupla de pilotos novatos não prejudicaria a equipe. “Não temos nada a perder no próximo ano”, disse ele. “Daria aos novatos uma oportunidade de aprender muito sem muita pressão e depois estar prontos para 2022”.

O jornal Bild também perguntou a Steiner se Schumacher, de 20 anos de idade, é uma certeza para 2021. “Não sei – ele é um piloto de Ferrari”, respondeu ele. “Mas seria bom se pudéssemos decidir isso antes do final da temporada”.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo