Automobilismo

F1 – Sebastian Vettel assume que o problema é ele

Sebastian Vettel 2020

Sebastian Vettel assumiu que esta é a “primeira” vez que ele não consegue extrair o máximo de um carro em toda a sua carreira, mas insiste que está fazendo tudo o que pode para resolver seus problemas antes de deixar a Ferrari no final da temporada.

O tetracampeão Vettel tem sido amplamente superado por seu jovem companheiro de equipe Charles Leclerc durante esta temporada e culpou a si mesmo, em vez de seu carro, o SF-1000, por não terminar pelo menos em P6 em todas as corridas da temporada.

Ele disse: “Até agora na minha vida de corridas, sempre fui capaz de extrair o máximo. Este ano parece um pouco diferente. Claramente estou perdendo algo e estou tentando tudo que posso para resolver isso.”

“Não acho que seja pela maneira como o carro está se comportando, acho que você sempre tem que se adaptar. Eu acho que isso é verdade desde o kart até a Fórmula 1. Isso é algo que normalmente nunca foi um problema. Assim como qualquer carro ao longo da minha carreira, estou tentando de tudo que posso para andar o mais rápido que posso, mas atualmente não consigo tirar do carro o mesmo que Charles. Estou conversando com os engenheiros para tentar entender e continuar a trabalhar nisso.”

Leclerc somou dois pódios no início da temporada, na Áustria e em Silverstone, mas a forma da equipe caiu ainda mais no meio do ano e seu ritmo apenas começou a melhorar novamente após uma série de atualizações.

Apesar das melhorias, Vettel não conseguiu chegar ao top 10 pela nona vez consecutiva no último GP em Imola e terminou em um humilde P12, enquanto Leclerc largou em sétimo e terminou em quinto.

Questionado sobre qual é a diferença entre os dois pilotos, o chefe da equipe Mattia Binotto disse: “Olhando para os dados, não acho que haja uma diferença fundamental. Acho que no final são diferenças muito pequenas.”

“É sempre uma soma de centésimos por curva, então é muito pouco. É uma questão de sentir a aderência, de extrair o potencial. É nossa tarefa, nosso dever, ajudá-lo, apoiá-lo de maneiras que ele possa cumprir isso.”

Assumir o próprio problema é o primeiro passo para resolvê-lo.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo