Esportes

Flamengo vence o Junior Barranquilla e passa em primeiro do grupo na Libertadores

O Flamengo nem precisou de força máxima para concluir com louvor a participação na período de grupos da Libertadores. A vitória por 3 a1 sobre o Junior Barranquilla no Maracanã assegurou ao rubro-negro o primeiro lugar na chave e sacramentou a boa campanha no torneio continental. Em seis jogos, cinco vitórias. O único “senão” foi a goleada diante do Independiente Del Valle, tropeço que se mostra superado a cada jogo.

O triunfo sobre os colombianos teve gols de Thuler, Lincoln e Bruno Henrique. O Flamengo agora aguarda o sorteio das 12h de sexta-feira para desvendar quem será o opositor nas oitavas de final. A próxima período significa mais R$ 5,89 milhões nos cofres do clube.

O jogo contra o Junior Barranquilla mostra uma vez que os reservas do Flamengo também absorveram as ideias de Domènec Torrent. Pensando no jogo contra o Internacional, pelo Brasileirão, o treinador só não poupou Bruno Henrique, que está suspenso. Uma vez que Arrascaeta está machucado, dá para considerar Vitinho um titular de momento que também foi usado no Maracanã.

Mesmo assim, viu-se um Flamengo maduro, replicando o padrão tático e o nível de atuação que levou o time a decolar, apesar da maratona de partidas nas últimas semanas.

O Flamengo resolveu a paragem no primeiro tempo, quando construiu 2 a 0 nos primeiros 45 minutos. Para Thuler, a epílogo na pequena espaço foi um presente do opositor, que dominou mal e arrematou a esfera para a epílogo do zagueiro.

Preocupa que ele tenha saído com dores na coxa direita, já na lanço final. O Fla já lida com lesões de Rodrigo Caio e Gustavo Henrique.

Ao marcar o segundo gol, Lincoln correspondeu mais uma vez às chances recentes no time. Importante que ele esteja com crédito e riitmo, apesar de não ter condições de competir com Pedro e Gabigol pela titularidade.

O jogo ganhou ares de amistoso na lanço final. Dome aproveitou o clima para colocar Lázaro e João Gomes. O primeiro substituiu Vitinho, que fez mais um bom jogo na função de meia, detrás do centroavante. Ele quase fez um golaço, mas o chuto sedento parou no travessão.

O Fla só não tirou nota 10 porque deu tenro na recomposição em um contra-ataque do Junior. O experiente Teo Gutierrez deixou o jogo em 2 a 1, mas Bruno Henrique tratou de tranquilizar de vez com uma bela cabeçada.

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo