Automobilismo

Hamilton joga pôquer “com quatro ases”

Bernie Ecclestone e Lewis Hamilton

Bernie Ecclestone diz que é “trágico” que aqueles que estabeleceram as fundações para o domínio absoluto da Mercedes na Fórmula 1 não estejam recebendo o crédito.

Enquanto Lewis Hamilton caminha para seu sexto campeonato mundial com a marca alemã neste ano, tendo quebrado o recorde de 91 vitórias de Michael Schumacher no GP de Portugal, Ecclestone afirmou que o britânico “merece”.

“Mas eu o comparo a um jogador de pôquer que sempre tem quatro ases em sua mão”, declarou Ecclestone ao Sport1. “Você está jogando pôquer e os outros estão suando. Eu gostaria de vê-lo em uma equipe com Max Verstappen. Então, nós veríamos se ele cometeria tão poucos erros”.

Apesar de Hamilton agora estar destruindo todos os recordes de Schumacher, Ecclestone disse que foi o alemão que ajudou a estabelecer as fundações para o domínio da Mercedes.

“Ele (Schumacher) sabia que, como na Ferrari, primeiro seria necessário fazer algum trabalho de desenvolvimento. Então, é quase trágico que outras pessoas estejam colhendo os benefícios disso agora”.

“Também Toto Wolff e todos os outros. Eu não quero diminuir a performance de todos os envolvidos, mas tudo o que eles tiveram de fazer em 2014 foi deitar na cama que Ross Brawn, Michael e outros arrumaram para eles”.

“O verdadeiro feito tem sido mais relacionado a manter aquele nível. Niki Lauda deu uma grande contribuição para isso, mas o motor Mercedes foi mais de metade da batalha”, acrescentou Ecclestone.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo