Automobilismo

“Infelizmente ainda não posso desaparecer”

Nikita Mazepin

Nikita Mazepin chamou atenção de forma negativa durante a classificação para o GP da Espanha ao atrasar Lando Norris na sua volta rápida. Após a corrida, recebeu uma penalização de grid e um ponto na sua licença. No entanto, não se sente realmente culpado pelo incidente.

Durante a classificação, a pista está às vezes muito cheia e, a fim de encontrar algum espaço, os pilotos começam muitas vezes a guiar muito lentamente no terceiro setor. Os pilotos têm um acordo uns com os outros de que não irão ultrapassar nesse momento. Mazepin não o fez. Ultrapassou alguns e acabou se metendo no caminho de Norris.

Em conversa com o Autosport.com, o russo diz que fez tudo o que pôde para cumprir o “acordo de cavalheiros” depois de já ter sido alertado no Bahrain, mas “é muito difícil quando dois carros o ultrapassam, indo para a última curva. Não se pode colocar um terceiro carro lá, e especialmente se o quarto carro estiver chegando a toda velocidade”.

Mazepin acha que teria entrado ainda mais no caminho de Norris se tivesse apanhado os outros pilotos à espera, então decidiu ultrapassar. Ele não se arrepende disso. “Não há realmente muito que eu pudesse ter feito, além de, sabe, desaparecer. O que infelizmente ainda não sou capaz de fazer”, declarou o piloto da Haas.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)