Futebol

Interino nega que foco do São Paulo seja Libertadores: “Estamos buscando o título”

O técnico interino do São Paulo, Marcos Vizolli, parece não estar satisfeito em garantir uma vaga direta à fase de grupos da Libertadores ao clube. Após mais um tropeço do Tricolor em 2021, desta vez empatando com o Ceará em pleno Morumbi, o comandante provisório foi contundente ao falar sobre o que resta a Daniel Alves e companhia neste Campeonato Brasileiro.

“Creio nesses atletas, creio que a gente pode reverter muito a situação. É trabalho, trabalho e trabalho. Mesmo que o torcedor são-paulino esteja descrente daquilo que podemos conquistar. Ainda temos 12 pontos para buscar. Esses 12 pontos nos dá o título dependendo de outros resultados”, afirmou Vizolli.

Na quarta colocação, com 59 pontos, o São Paulo pode ficar a apenas quatro tentos do Internacional, líder do Brasileirão, já que possui um jogo a menos que os demais concorrentes pelas primeiras colocações. O problema é que dos quatro compromissos que restam para o Tricolor no torneio, três são contra clubes da parte de cima da tabela.

“Não estamos preocupados em classificar direto para a Libertadores, estamos buscando o título. Para qualquer pessoa é impossível, mas para quem trabalha todo dia, quem busca reverter situações da vida, precisamos passar por obstáculos. Serão jogos difíceis e sem dúvida a vitória vai chegar”, prosseguiu.



Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

Apesar de o São Paulo ter chegado ao oitavo jogo consecutivo sem vitória na atual temporada, Marcos Vizolli ficou satisfeito com a mudança de postura da equipe nesta quarta-feira. Mandando no jogo, o Tricolor foi bem mais agressivo que nos últimos jogos, mas não conseguiu reverter essa superioridade em gols.

“O que tentamos fazer e conseguimos foi mostrar no jogo de hoje uma mudança que precisávamos. Depois de sete resultados negativos, precisávamos de um retorno diferente. O trabalho, sem dúvida, foi com muita conversa, papo, tentando mudar o conceito de algumas coisas em relação à conduta dos atletas. Trabalhamos juntos, o grupo me acolheu muito bem, o que não é uma situação muito fácil para quem trabalhava há um ano e quatro meses com uma comissão. Temos que transformar isso em vitórias, resultados”, concluiu.

Deixe seu comentário




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)