Automobilismo

Jornalista espera que o novo CEO da Ferrari priorize a F1

Benedetto Vigna

O conhecido jornalista italiano Leo Turrini espera que o novo CEO da Ferrari coloque a Fórmula 1 no topo da lista de prioridades da marca de Maranello.

Após a morte chocante de Sergio Marchionne em 2018, Louis Camilleri assumiu seu cargo, mas renunciou por razões pessoais no final do ano passado.

John Elkann, o herdeiro escolhido da família Agnelli, assumiu temporariamente o posto e agora nomeou Benedetto Vigna como seu substituto permanente.

Vigna, de 52 anos, chegará em Maranello em 1º de setembro vindo de uma companhia chamada STMicroeletronics. Elkann elogiou seu “conhecimento profundo das tecnologias por trás de grande parte das mudanças em nossa indústria”.

Uma declaração divulgada pela Ferrari afirmou que “sua prioridade será garantir que a Ferrari continue fortalecendo sua posição de liderança como criadora dos carros mais bonitos e tecnicamente avançados do mundo”.

Mas Turrini, escrevendo em seu popular blog Quotidiano, espera que Vigna também seja um grande apoiador da equipe de F1.

“Para aqueles de nós lutando na F1, há espaço para um desejo”, escreveu ele. “Vigna era uma criança nos dias de Lauda e um garoto na época de Gilles. Ele já estava em sua carreira quando Schumi inaugurou o dream team”.

“Se ele lembrar dessas coisas e elas significarem algo para ele emocionalmente, ele provará para nós apoiando o departamento de corrida. Montezemolo e Marchionne certamente não eram estranhos em assuntos da F1, então vamos ver”.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.




Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)