Tecnologia

Mercado Livre recebe autorização do BC para abrir financeira própria

Mercado Livre recebe autorização do BC para abrir financeira própria

Mercado Livre recebe autorização do BC para abrir financeira própria

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Nesta segunda-feira (9), o Banco Central do Brasil (BC) concedeu autorização de funcionamento para a Mercado Crédito Sociedade de Crédito, Financiamento e Investimento, a nova financeira do Mercado Livre. A Mercado Crédito terá R$ 40 milhões de capital social, e sua sede será na cidade de São Paulo.O Mercado Pago, instituição também pertencente ao Mercado Livre, já tinha autorização do BC para funcionar como instituição de pagamento desde 2018, na modalidade de emissor de moeda eletrônica. Assim como a Mercado Crédito, o Mercado Pago teve R$ 40,290 milhões de investimento inicial, mas este valor subiu para R$ 128,290 após algum tempo.Neste ano, o Mercado Pago recebeu autorização para prestar serviços de pagamento relativos às modalidades de instrumento de pagamento pós-pago e de credenciador.ReproduçãoMercado Livre recebeu autorização para o funcionamento do Mercado Crédito, sua instituição financeira. Imagem: Mercado Livre/DivulgaçãoEm balanço fiscal divulgado na semana passada, o Mercado Livre mostrou que, no terceiro trimestre de 2020, teve um lucro de US$ 15 milhões. O maior responsável por esse aumento foi o volume de vendas (GMV), que cresceu 62% nesse período, a US$ 5,9 bilhões. O volume de novos clientes entrando na plataforma no Brasil foi de dois milhões. Em todo o país, esse montante já é estimado entre 18 e 20 milhões de usuários.Atualmente, o Mercado Livre tem uma capitalização de mercado de US$ 73,96 bilhões, valor que coloca a empresa como a maior da América Latina nesse quesito, acima até mesmo da Vale, cujo valor de mercado é de US$ 59,12 bilhões.Mercado Livre agora tem frota própria de aviõesO Mercado Livre tem uma nova estratégia para ajudar a reduzir os prazos de envio de suas entregas no país: a Meli Air, sua frota própria de quatro aviões que serão operados por diferentes companhias aéreas. A novidade também vai ajudar a aumentar a capacidade de entregas para o dia seguinte nas compras de produtos armazenados em seus centros de distribuição de São Paulo – em Cajamar e Louveira – e da Bahia, em Lauro de Freitas, que começou a operar em julho deste ano.Via: G1

FONTE ORIGINAL

Fonte

Artigos relacionados

Usuários lendo agora...
Fechar
Botão Voltar ao topo