Educação

Ministério da Justiça monta sistema de seguimento do Enem

Representantes das forças de segurança de todas unidades federativas, integrantes do Instituto Pátrio de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), dos Correios, Polícia Federalista e Polícia Rodoviária Federalista se reuniram ontem (20) para apresentar e debater as estratégias que serão adotadas para a realização do Inspecção Pátrio do Ensino Médio (Enem) de 2020.

O Encontro Técnico Enem 2020 foi promovido pelo Ministério da Justiça (MJ), que é responsável por integrar as forças de segurança pública e os órgãos incumbidos pela realização, logística, transporte e segurança das provas.

Os representantes dos estados e do Região Federalista vão seguir, em tempo real, possíveis ocorrências durante a realização das provas, o que abrange, desde policiamento e patrulhamento de vias de aproximação aos locais de vistoria até o transporte e guarda das provas, passando por eventuais investigações sobre possíveis fraudes. Segundo o MJ, toda a ação será acompanhada diretamente do Núcleo Integrado de Comando e Controle Pátrio.

O Enem 2020 será aplicado em 1.729 municípios, nos meses de janeiro e fevereiro de 2021, devido à pandemia do novo coronavírus. As provas impressas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro. Já a versão do dedo será em 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Pessoas privadas de liberdade farão o vistoria nos dias 24 e 25 de fevereiro.

Segundo o Inep, há 5.783.357 inscritos para o Enem, sendo 5.687.271 para o vistoria impresso e 96.086 para o do dedo, que é novidade nessa edição.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo