Cinema

Quem é Ryan Murphy, dono de fórmula sucesso na Netflix


Além de trazer o público jovem com suas tramas cativantes, Murphy entendeu que precisava abrir cada vez mais espaço às minorias. Foi assim, então, que suas atrações passaram a trazer ainda mais temáticas LGBTQIA+, personagens negros, gordos, PCDs… todos em papéis de destaque. 

Depois de falhar em Glee trazendo um ator que não tem deficiência para viver o cadeirante Artie, em 2011 Murphy escalou a carismática Jamie Brewer, atriz americana portadora da Síndrome de Down, para integrar o elenco de American Horror Story. O mesmo aconteceu com Mat Fraser, ator que nasceu com focomelia, e Jyoti Amge, a menor mulher do mundo, escalados para a quarta temporada do show.

Com Pose, uma das atrações mais emocionantes e impactantes de sua carreira, Murphy se uniu a Brad Falchuk e Steven Canals para trazer o maior elenco de atores transgêneros da história. Na série que estreou recentemente sua terceira temporada nos EUA, somos levados às décadas de 80 e 90 para acompanhar o mundo dos bailes pertencentes à comunidade LGBTQIA+ de Nova York. Pose destaca temas como preconceito, família, saúde, politização e relacionamentos focada na comunidade trans, principalmente os negros e latinos. 

A ideia de se trazer cada vez mais astros e assuntos pertencentes às minorias, acabou levando Murphy a ampliar a identificação dos mais diversos públicos com suas produções e, assim, aproximá-los de seus próximos lançamentos. Sucesso!


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)