Famosos

Relao de Anglica com filho: artista mantm dilogo aberto com Joaquim. Detalhes!


Anglica se considera uma “me atenta”. Casada h 16 anos com Luciano Huck, a apresentadora se surpreendeu com sua postura ao longo dos anos, especialmente em relao ao filho Joaquim, de 15 anos. “Achei que seria uma me superprotetora, ciumenta. Achei isso tudo. Quando me vi na situao, me vi uma me superparceira, que apoia as descobertas dele, que est do lado. No tenho cime. Pelo contrrio, gosto das namoradas, acho bacana. Me apego, ela acaba virando uma filha tambm”, contou colunista Patrcia Kogut, do jornal “O Globo”.

Anglica fala da adolescncia do filhos

Estar com a famlia algo que Anglica preza cada dia mais. “Me descobri essa me que eu nem imaginei que seria. Estou vivendo a adolescncia dele e a do Bencio de uma forma linda. A minha adolescncia foi bem diferente. Eu j trabalhava, no lembro bem como era. Vivi de outra forma. Eu estou meio que curtindo a adolescncia deles, vivendo com eles isso. No meu canto de me, mas apoiando e vibrando com as conquistas e descobertas”, afirmou.

Apresentadora mantm dilogo com Joaquim

Anglica relatou como lida com a adolescncia do primognito, de quem se aproximou na quarentena. “O Joaquim muito tranquilo. Ele no d trabalho, ouve muito. A gente conversa bastante com ele desde pequeno. A gente costuma dizer que, com 8 anos, ele j tinha 80. Sempre foi um cara de pensar, elaborar, conversar. muito legal. uma fase linda quando a gente tem essa coisa do dilogo. So descobertas que eles vo fazendo e a gente s vai guiando ali do lado. Voc no pode entrar, a descoberta deles, mas a gente est ali apoiando”, destacou.

Artista volta TV depois de uma pausa de dois anos e meio

No ar em “Simples Assim”, Anglica acostumada desde cedo ao compasso acelerado do trabalho. Ela, no entanto, pretende se manter em uma velocidade diferente: “Eu acho que este ritmo o ritmo que quero implantar para minha vida. Foi muito importante essa descoberta para mim. Um momento em que voc cria um projeto, desenvolve, para novamente, cria outra coisa. Isso saudvel neste momento para mim. Eu precisava disso, no conhecia essa forma de viver ou de trabalhar. do que preciso agora. Depois de tanto tempo trabalhando muito e de tanto tempo de carreira, poder estar junto da minha famlia e ter tempo para mim, criar alguma coisa que tenha a ver comigo e vir com isso, acho que fica verdadeiro, bom, gostoso. D aquele frio na barriga de novo quando a gente volta. Acho que fazer projetos assim o caminho que eu quero trilhar”

(Por Patrcia Dias)

};

// Load the SDK asynchronously (function(d, s, id){ var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.async = true; js.src = "https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo