Tecnologia

Samsung retoma o primeiro lugar no mercado global de smartphones

Dados da Omdia indicam que durante o primeiro trimestre de 2021, as remessas mundiais de smartphones aumentaram fortemente 28,1% em comparação com o número entregue durante os primeiros três meses do ano passado. E a Samsung retoma o primeiro lugar no mercado global de smartphones.

O número de unidades enviadas aumentou para 353 milhões, dos 275,7 milhões de aparelhos que estavam em trânsito no ano passado. No topo do mercado global está a Samsung, com sua indústria liderando 22% de participação de mercado, recuperando-se dos 16% que obteve durante o quarto trimestre do ano passado e dos 21% que tinha durante o mesmo trimestre do ano passado.

samsung-retoma-o-primeiro-lugar-no-mercado-global-de-smartphones
Imagem: Tricurioso

Samsung retorna ao topo do mundo dos smartphones

A Samsung vendeu 29,2% mais aparelhos em uma base anual durante o primeiro trimestre de 2021, de 58,9 milhões para 76,1 milhões. Durante o trimestre, a empresa começou a enviar seus modelos da série Galaxy S21 e continuou a promover sua linha de Galaxy A de médio porte, que inclui câmeras viáveis ??e baterias de alta capacidade.

Depois da Samsung, a Apple ficou em segundo lugar, tendo enviado 56,4 milhões de unidades do iPhone durante o trimestre (mais uma vez, com base nas estimativas da Omdia). Isso é um aumento de 46,5% ano a ano no número de iPhones que a Apple entregou de janeiro a março. No entanto, ainda quase 20 milhões abaixo das vendas de smartphones da Samsung.

Durante o período de três meses, a Apple teve uma fatia de 16% do bolo de smartphones depois de registrar 22% durante o quarto trimestre de 2020, quando a série do iPhone 12 foi lançada. Durante o primeiro trimestre do ano passado, o iPhone detinha 14% do mercado.

Na terceira posição ficou a Xiaomi. A empresa despachou 78,3% mais aparelhos durante o primeiro trimestre em relação ao ano anterior. A participação de mercado da empresa foi de 14% com o fornecimento de 49,5 milhões de telefones.

A Vivo, que teve um enorme ganho anual de 95,9% em remessas, terminou em quarto lugar depois de enviar 38,2 milhões de aparelhos para uma participação de mercado de 11%. A Oppo ficou logo atrás, após entregar 37,8 milhões de telefones no período, um aumento de 85,3% em relação ao primeiro trimestre de 2020, e também teve uma participação de mercado de 11%. 

Já a Huawei, suas remessas caíram 70% em uma base anual, de 49 milhões de unidades para 14,7 milhões, já que a participação de mercado de 18% que tinha na mesma época no ano passado caiu para 4%. Com um aumento de 128,1% nas remessas de telefones em uma base anual, a Motorola está montando seus novos modelos de gama média e carro-chefe à medida que busca completar um grande retorno. A empresa despachou 12,6 milhões de telefones de janeiro a março e deteve 4% do mercado durante esse período.

Realme, Tecno, LG e Honor

A Realme viu as vendas aumentarem em 86,9%, para 11,4 milhões de unidades durante o primeiro trimestre, dando à empresa uma participação de 3%. O nono lugar, a Tecno, teve o maior aumento anual nas entregas de telefones, já que seu aumento de 133,4% resultou na remessa de 8,2 milhões de aparelhos e uma participação de 2%. E por último na lista dos dez primeiros está a LG, que entregou 6,8 milhões de telefones de janeiro a março, um aumento de 26,2% ano a ano.

Não listada entre os dez primeiros, Honor, a antiga subunidade da Huawei, deu início a sua nova vida como fabricante independente de telefones, enviando 3,6 milhões de smartphones durante o primeiro trimestre, bem longe da venda de 76,1 milhões de smartphones da Samsung. 

Via: PhoneArena


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo