Automobilismo

Sem espaço na F1 para os três juniores da Ferrari

Callum Ilott, Mick Schumacher e Robert Shwartzman

Apenas um dos três pilotos da academia da Ferrari será promovido à Fórmula 1 no próximo ano.

Anteriormente, acreditava-se que Mick Schumacher poderia substituir Antonio Giovinazzi na Alfa Romeo, enquanto Callum Ilott e Robert Shwartzman iriam para a Haas.

Contudo, a Alfa Romeo vai manter sua dupla de pilotos, enquanto Nikita Mazepin – que conta com um forte apoio financeiro – deverá ficar com uma das vagas da Haas em 2021.

Isso significa que Mick Schumacher aparentemente é o único membro do programa da Ferrari que subirá para a F1.

“Infelizmente, não há espaço suficiente para todos, apesar de eles estarem indo muito bem no momento”, admitiu Mattia Binotto, chefe da Ferrari, em Imola.

Ao contrário das especulações sobre Schumacher, Binotto insiste que a decisão ainda não foi tomada.

“Um deles provavelmente terá um cockpit na F1 no próximo ano, enquanto nós teremos de encontrar opções diferentes para os outros”, disse o italiano.

Quanto ao momento da decisão, ele respondeu: “Eu não creio que iremos para a última corrida da Fórmula 2 ou os testes em Abu Dhabi antes de fazermos nossa escolha. Acho que vamos decidir nas próximas semanas”.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo