Notícias

Sigilo de auditor do TCU terá de ser quebrado, diz Randolfe Rodrigues – Notícias

O vice-presidente da CPI da Covid, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou nesta terça-feira (8) que os membros da CPI vão quebrar o sigilo de dados do auditor do TCU (Tribunal de Contas da União) responsável pela criação do relatório, divulgado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que teria apontado que metade das mortes por covid-19 no Brasil em 2020 não ocorreram.

“Este é um sigilo que inevitavelmente terá de ser quebrado. Terá de ser quebrado logo, de imediato, por essa CPI. O que ocorreu ontem foi gravíssimo. O presidente da República espalhou uma notícia mentirosa sobre o Tribunal de Contas da União”, disse o senador, que ainda chamou a ação do auditor de “criminosa”.

Segundo reportagem da revista Crusoé, o servidor que criou o relatório seria Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques. O senador Humberto Costa (PT-PE) já entrou com requerimento para convocar o auditor

O presidente Bolsonaro foi desmentido pelo TCU na segunda-feira (7), horas depois de citar o relatório. Ele acabou admitindo o erro. “A tabela quem fez foi eu, não foi o TCU. O TCU acertou em falar que a tabela não é deles”, afirmou o mandatário.

Nesta terça, o tribunal emitiu nota onde reconheceu a existência do documento, mas afirmou que a análise repercutida foi feita por um servidor, e que o relatório ainda seria devidamente discutido pela equipe.

A nota disse também que as informações do documento não têm nenhum respaldo em fiscalizações do TCU. O órgão ainda fará uma investigação interna para descobrir se houve algum tipo de vazamento indevido.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)