VidaPet

Sikêra Jr. processa apresentador Neto após ser chamado de homofóbico

O processo entre os apresentadores tramita pela 6ª Vara do Juizado Especial Cível de Manaus desde o dia 13 de julho. O âncora do Alerta Nacional, Sikêra Jr., pede uma indenização de R$ 44 mil reais do apresentador esportivo, além de exigir que Neto apague a publicação dos vídeos em que ele foi chamado de homofóbico durante a atração.

Sikêra também quer um pedido formal de retratação nas redes sociais e na programação da Band durante dois dias seguidos.

O valor exigido como indenização equivale ao teto de ações movidas no juizado especial cível — até este montante, o autor não paga as causas processuais e não é responsável pelos honorários dos advogados do réu em caso de derrota em primeira instância.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)