Tecnologia

Sony e Valve são processadas sob acusação de monopólio em lojas de jogos | Jogos

A Sony e a Valve foram processadas sob acusações de praticarem monopólio com suas lojas de jogos digitais, a PlayStation Store e o Steam, respectivamente. Enquanto a ação coletiva contra a Sony foi movida por jogadores, a Valve foi denunciada pela Wolfire Games, criadora do projeto Humble Bundle. Os dois processos foram motivados pela guerra judicial entre Epic Games, Apple e Google.

ps5-review

PS Store no PS5 (Imagem: Reprodução/PlayStation 5)

A ação judicial contra a Sony

Segundo o Bloomberg, a Sony está sendo acusada de praticar monopólio por só permitir a venda de jogos digitais na PlayStation Store. Essa exclusividade começou em 1º de abril de 2019, quando a japonesa proibiu a comercialização de cartões com códigos de download de games em lojas terceirizadas.

Na ação coletiva, os jogadores alegaram que a PS Store se tornou a única loja de jogos digitais para os consoles PlayStation. Com isso, a Sony estaria agindo de forma ilegal, pois a somente empresa poderia decidir os preços dos games, sem se preocupar com a concorrência.

O monopólio da Sony permite cobrar preços não competitivos em jogos digitais nos consoles PlayStation, que são mais caros do que as edições físicas dos mesmos games vendidas em um mercado que permite competitividade, e mais caros do que seriam em um mercado competitivo de mídias digitais.

Autores do processo contra a Sony.

Ainda de acordo com a ação, os consumidores estariam pagando até 175% a mais por jogos digitais em comparação com as versões em mídia física dos mesmos títulos.

O processo judicial contra a Valve

Steam oferece mais recursos na loja para usuários (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)

Promoção de jogos no Steam (Imagem: Murilo Tunholi/Tecnoblog)

Já a Valve foi processada pela Wolfire Games, desenvolvedora de jogos independentes e criadora do projeto Humble Bundle. A empresa acusou a dona do Steam de praticar monopólio no mercado de jogos para PC e usar essa situação para cobrar a taxa de 30% sobre as vendas dentro da plataforma.

“A Valve abusa do seu poder no mercado para garantir que as publicadoras de jogos não tenham escolha senão vender os games pela loja do Steam, onde estão sujeitas à taxa de 30% da Valve”, argumentou a Wolfire Games.

A desenvolvedora de games indie afirmou que a Valve controla 75% do mercado de jogos para PC. Para a Wolfire Games, a Epic Games e a Microsoft precisaram diminuir as taxa de publicação para 12% nas suas lojas apenas para tentar competir com o Steam.

Vale mencionar que o Humble Bundle é um serviço de caridade em que os usuários pagam uma certa quantia e podem resgatar pacotes com jogos independentes e até de grandes estúdios. Esses games são resgatados no Steam.

Com informações: GameInformer, GameIndustry.biz, Kotaku.


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)