Tecnologia

Steam Deck: Valve precisou ser “bastante agressiva” no preço, diz Gabe Newell | Jogos

O presidente da Valve, Gabe Newell, descreveu o processo de decisão do preço do Steam Deck como “doloroso, mas necessário”. Em entrevista ao IGN, na última quinta-feira (15), o CEO ainda afirmou que a empresa precisou ser “bastante agressiva” para cobrar US$ 399 (cerca de R$ 2 mil) pelo modelo mais básico. As versões mais caras do PC portátil saem por US$ 529 (R$ 2,7 mil) e US$ 649 (R$ 3,3 mil).

Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)

Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)

Segundo Newell, a ideia era lançar o Steam Deck pronto para jogar direto da caixa e com valor competitivo. O diretor de hardware da Valve, Shreya Loi, disse que o preço do dispositivo foi um dos pontos que mais preocupou a empresa desde o início do projeto. Afinal, não é barato construir uma máquina que atende às necessidades dos jogadores de PC, ainda mais portátil.

No final, a Valve conseguiu chegar ao preço de US$ 399 para o modelo com armazenamento de 64 GB em eMMC. Em comparação com o Nintendo Switch, por exemplo, o Steam Deck mais básico entrega desempenho bem maior que o console da Nintendo e custa apenas US$ 50 a mais que o novo Switch OLED de US$ 349.

Já os outros modelos do Steam Deck são mais caros e contam com SSD para guardar os arquivos. Enquanto a versão de 256 GB custa US$ 529, a edição de 512 GB sai por US$ 649. Essas duas opções, porém, chegam a ser mais caras que o PS5 com leitor de discos e o Xbox Series X, que são vendidos por US$ 499.

Newell não comentou se a Valve pretende lucrar com a venda do Steam Deck mais básico. Atualmente, somente a Nintendo ganha mais dinheiro do que gasta com o comércio de Switch, desde 2017. A Microsoft e a Sony, por outro lado, saem no prejuízo quando o assunto é distribuição de hardware.

Steam Deck é mais um PC portátil do que um console

É importante mencionar que a Valve considera o Steam Deck um PC portátil, e não um console. Nele é possível instalar outro sistema operacional, jogos do Steam, lojas virtuais adicionais e até emuladores. Além disso, o dispositivo é sujeito a algumas limitações exclusivas dos computadores, como games incompatíveis com o SteamOS.

Com informações: IGN, Eurogamer.


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)