Vida e Estilo

Tutor é preso após matar pit bull enforcado em Santa Catarina

O homem foi encaminhado para a delegacia do município de Timbó, onde permanecerá à disposição da Justiça

Pixabay

Um homem de 33 anos foi preso após matar o próprio cachorro em Rio dos Cedros, no Médio Vale do Itajaí, no estado de Santa Catarina.

Moradores da vizinhança que perceberam que o agressor havia tirado a vida do cão por volta das 13h30 do último sábado (12) acionaram a Polícia Militar.

O cachorro, da raça pit bull, foi morto por enforcamento na rua Brasília, no bairro Divinéia. O corpo do animal, já sem vida, foi encontrado pelos policiais.

Durante a ação policial, as testemunhas informaram que o animal havia sido morto pelo tutor. O homem foi encaminhado para a delegacia do município de Timbó, onde permanecerá à disposição da Justiça até que seja realizada uma audiência de custódia.

Com sinais de embriaguez e aparentando ter usado drogas, o homem foi detido. Se for condenado, ele poderá ser punido com prisão de dois a cinco anos, além de multa.

A legislação que aumentou a pena para crimes cometidos contra cachorros e gatos no Brasil foi sancionada após Sansão, um cachorro que também é da raça pit bull, ter sido brutalmente torturado. O animal teve as duas patas traseiras decepadas em Minas Gerais.

Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo