Tecnologia

Ubisoft é novamente acusada de abusos, agora envolvendo a direção | Jogos

A Ubisoft passa por uma nova leva de problemas de denúncias internas a respeito de conduta de seus funcionários – agora envolvendo pessoas do RH da produtora e até mesmo seu CEO, YvesGuillemot, ainda que de maneira indireta, no caso do executivo francês. Dois ex-funcionários do estúdio localizado em Montreal registraram novas queixas e deram detalhes a respeito.

Ubisoft passa por nova leva de acusações de ex-funcionários (Imagem: Reprodução)

Ubisoft passa por nova leva de acusações de ex-funcionários (Imagem: Reprodução)

Yves Guillemot não é citado diretamente entre as denúncias, mas as queixas dão a entender que o executivo constantemente ignora tais comportamentos. Entre os acusados estão oito funcionários, ao lado de Serge Hascoet, vice-diretor, e Tommy François, ex-vice-presidente, assim como Cécile Cornet, ex-diretora do RH, que saiu da empresa após a última leva de denúncias.

As queixas vieram a público no fim do dia da última quinta (15), depois que os empregados da empresa tomaram conhecimento. Assim, veículos de imprensa internacional começaram a repercutir o assunto – que envolve, vale lembrar, apenas o braço canadense da produtora, até o momento.

As duas vítimas, que não foram identificadas, informam que o RH ignorou queixas passadas de maneira proposital e não tomou providências sobre denúncias de assédio sexual, registradas por funcionários ao longo dos últimos meses.

A advogada Maude Beckers comentou ao site The Huffington Post que “o esquema de assédio sexual acontecia em processos de recrutamento, perguntando a candidatos e candidatas seu nível de resistência a este comportamento”.

O que diz a Ubisoft?

Tanto The Huffington Post quando Associated Press contactaram a Ubisoft no exterior para saber mais a respeito da queixa e de providências que seriam tomadas a respeito, mas a publicadora não respondeu até o presente momento. Ao Kotaku, a empresa informou: “Não temos detalhes adicionais para compartilhar sobre as acusações registradas contra a Ubisoft”.

Vale lembrar que as denúncias envolvendo funcionários da Ubisoft começaram em meados de 2020, quando alguns produtores foram apontados em casos envolvendo assédio e até adultério. A empresa chegou a tomar providências e, em apresentações online, aproveitou para reforçar seu compromisso em manter um ambiente de trabalho seguro e sadio para todos e todas. Alguns dos envolvidos nas acusações foram afastados.

Mas, desde então, a empresa tem se mantido silenciosa a respeito de novidades que surgem aqui ou ali sobre casos neste sentido.No momento, a Hashtag #HoldUbisoftAccountable, ou Responsabilize a Ubisoft, está circulando no Twitter, entre a comunidade gamer e de desenvolvedores.

Com informações: Kotaku.


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Notamos que você usa um Adblock ativo!

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso site. Por favor, deslique seu Adblock para que possamos gerar receitas através dos anúncios. Não vai sair do seu bolso. ;)