Automóvel

VW também desiste de aprimorar motores a combustão  – Notícias


A Volkswagen anunciou hoje (22), que não irá apresentar novidades para seus atuais motores a combustão. Porém, a fabricação e as atualizações para melhorar a eficiência continuam, ao menos até concluir a transição definitiva para os motores elétricos. Na última semana a Audi fez a mesma afirmação. Com este comunicado o grupo deve encerrar na atual linha uma geração inteira de motores pequenos e turbinados como é o caso da família TSI. No Brasil são produzidas versões de 1 litro e 1,4 litro. 



Quem confirmou a informação foi o CEO da marca Ralf Brandstätter, em uma entrevista à revista Automobilwoche. “Claro, os motores ainda serão desenvolvidos, pois ainda precisaremos deles por um certo tempo e eles precisam ser os mais eficientes possíveis”, comenta o executivo.


VOLKSWAGEN TAOS chegando! Vai atropelar Compass, Corolla Cross, Equinox, Tiggo 7 e Territory? Review



Apesar de confirmar que os motores a combustão não terão novas gerações, Bransstätter não confirmou quando isso vai acontecer. Há poucos dias a VW divulgou por meio de nota, que em 2030 é esperado que metade de todos os modelos comercializados sejam elétricos. Com isso, podemos esperar a fabricação de motores a combustão por no mínimo 10 anos.



No Brasil, ainda não há muito incentivo para que a eletrificação chegue em um futuro tão próximo como no velho continente, portanto, é possível que os motores a combustão ainda sejam vistos por muito tempo por aqui.



A Volkswagen comercializa atualmente por aqui a família MSI de quatro cilindros, o motor 1.0 MPI de três cilindros aspirado e na família turbinada os motores 1.0 TSI de 125cv, 1.4 TSI de 150cv e importa o 2.0 TSI de 200cv usado na Tiguan por exemplo. Na Europa há diferentes versões desses motores como é o caso do 1.5, evolução do 1.4TSI fabricado no interior de SP.


Fonte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo